Ogier-MON-02

Ogier começa defesa do título a ganhar

24 janeiro 2021

Depois de ter recuperado a liderança logo no primeiro troço de ontem, Sébastien Ogier não deixou os créditos por mão alheias e, não contente com gerir a vantagem, rodou forte para se distanciar ainda mais do colega de equipa na Toyota, Elfyn Evans, levando de vencida a primeira jornada do Campeonato do Mundo de Ralis de 2021, o Rally de Monte Carlo.

O gaulês assinou o melhor tempo em três dos quatro troços de hoje, incluindo na Power Stage, para concluir a jornada com 32,6s de margem.

Enquanto isso, Evans, que foi um dos líderes do rali, teve de se contentar com o intermédio do pódio depois de um dia em que as condições escorregadias e traiçoeiras do piso não permitiram ao britânico recuperar terre e ameaçar a vitória do colega de equipa.

Em terceiro acabou por ficar Thierry Neuville. O belga começou o dia ao ataque e logo na primeira classificativa conseguiu superar Kalle Rovanperä na classificação geral para entrar no pódio e não mais sair até final. O homem da Hyundai, que foi o único a impedir o pleno de Ogier ao levar de vencida o segundo troço do dia, acabou também por arruinar o pleno da Toyota na pódio ao terminar a 40,9s da frente.

Enquanto isso, o jovem Rovanperä viu o azar bater-lhe à porta com o furo na SS12 a custar-lhe tempo precioso e a possibilidade de terminar no pódio. De tal forma que, depois do contratempo, o finlandês optou mesmo por rodar com cautela e levar o carro até final para pontuar, ao invés de arriscar atacar o terceiro lugar e acabar por deixar Monte Carlo a zeros. No final, Rovanperä ficou a 1:20,1s de Ogier.

Dani Sordo (Hyundai) completou o Top 5, enquanto Takamoto Katsuta (Toyota), Andreas Mikkelsen (Skoda, WRC 2), Gus Greensmith (Ford), Adrien Foumaux (Ford, WRC 2) e Eric Camilli (Citroën) completaram a lista dos dez primeiros, com este último a garantir para a portuguesa Sports & You o terceiro posto entre os WRC 2.

Patrocínios
scroll up