Ogier-3-900

Ogier à décima na Croácia

25 abril 2021

Foi simplesmente emocionante a parte final do Rali da Croácia, a 3ª prova do WRC 2021, que antecede o Vodafone Rally de Portugal. Com uma luta constante entre os três pilotos do pódio, esteve sempre incerta a vitória na prova croata, deixando a discussão para os últimos metros da Power Stage. Apesar do acidente que sofreu na ligação para o primeiro troço de hoje, Ogier esteve verdadeiramente irrepreensível, acabando por ganhar o duelo com o seu colega da Toyota Gazoo Racing, batendo Elfyn Evans no derradeiro troço por 4,5 segundos, quando a sua desvantagem eram 3,9 segundos. Assim, e depois da liberdade que a Toyota deu aos seus dois pilotos para discutir o triunfo, o campeão do mundo vence o Rali Croácia apenas com 6 décimas de segundo de vantagem para Evans, dando à Toyota uma apetecida dobradinha, vencendo o duelo com a Hyundai, que obteve o 3º lugar com Thierry Neuville apenas a 8,1 segundos de Ogier. Um pódio sempre emocionante, ao longo das 20 especiais de classificação do Rali da Croácia.

Sébastien Ogier alcança uma vitória histórica para o WRC e assume o comando do Campeonato do Mundo de Ralis, que pertencia a Kalle Rovanpera, acidentado logo no troço inaugural da prova croata. Desde o começo que se percebeu que a discussão pela vitória iria ser decidida entre Ogier, Neuville e Evans, com Ott Tanak uns furos abaixo do que é normal, guardando desde muito cedo um 4º lugar, que acabou por conseguir, a 1m25,1 do vencedor. Surpreendente foi a participação de Adrien Fourmaux que, pela primeira vez ao volante de um WRC conquistou a 5ª posição com o Fiesta da M-Sport Ford, a 3m09,7 de Ogier. Igualmente em grande plano esteve Takamoto Katsuta que levou o Toyota Yaris ao 6º lugar a 3m31,8 do vencedor. Katsuta venceu duas especiais e ficou a 22 segundos de Fourmaux. Gus Greensmith levou o outro Ford Fiesta WRC ao 7º lugar, sendo surpreendido pelo seu colega estreante no WRC. Com diversos problemas de pneus e um furo, Craig Breen terminou no 8º lugar a distantes 4m28,2 de Ogier, o grande vencedor do Rali da Croácia.

Entre os RC2, o Citroen C3 de Mads Ostberg não deu qualquer tipo de hipótese, vencendo não só a categoria WRC2, mas alcançando também o 9º lugar da geral, à frente do Ford Fiesta de Teemu Suninen, com uma vantagem de 28,5 segundos. Depois do Rali da Croácia, Sébastien Ogier comanda o WRC 2021 com 61 pontos, seguido de Thierry Neuville com 53 pontos e de Elfyn Evans com 51. No 4º lugar está Ott Tanak com 40 pontos, mais um que Kalle Rovanpera que totaliza 39. Entre os construtores, a Toyota totaliza 138 pontos, seguida da Hyundai com 111 e da M-Sport Ford com 42. A próxima prova do WRC 2021 é o Vodafone Rally de Portugal, a disputar entre 20 e 23 de maio.

Patrocínios
scroll up