rallymonza

Rally Monza fecha Mundial de Ralis

09 outubro 2020

O WRC Promoter acabou de anunciar mais uma entrada para o Campeonato do Mundo de Ralis, alargando assim esta conturbada temporada por causa da Covid-19 para um total de oito rondas.

A prova transalpina vai desenrolar-se em asfalto, entre os dias 4 e 6 de dezembro, e terá por base o famoso Autódromo Nacional de Monza, perto de Milão.

O itinerário vai adotar o formato curto do WRC, com um total de 220 km cronometrados, sendo a maior parte dos primeiro e último dias disputados no circuito. Já a etapa de sábado será composta por difíceis troços de estrada na região da Lombardia, perto de Monza.

Disputado desde 1978, esta novidade de última hora anunciada já durante o decorrer do Rally da Sardenha, faz com que Itália receba neste ano atípico um total de duas rondas pontuáveis para o Mundial.

Tradicionalmente uma festa de final de época do automobilismo, o rali tem por tradição juntar grandes nomes do desporto motorizado das pistas e dos ralis, com a lista de vencedores a contar com pilotos como Dani Sordo (2010 e 2013), Sébastien Loeb (2011), Robert Kubica (2014) e a lenda do MotoGP, Valentino Rossi, que triunfou por sete vezes.

“Sendo a última ronda do Campeonato, há uma forte hipótese dos títulos de Pilotos e Construtores do WRC serem decididos nas estradas de Monza,” reconhece Jona Siebel, diretor do WRC Promoter.

Já Yve Matton, Diretor de Ralis da FIA, salientou o que representa conseguir realizar oito jornadas numa temporada tão conturbada. “Dada a situação atual, estamos a desenvolver novas abordagens e o ACI Rally Monza Itália é um grande exemplo disso. É o casamento de um evento de circuito icónico com as mais tradicionais especiais de rali na região circundante.”

“Este novo conceito pode mesmo ajudar a levar o WRC a países ou regiões onde é necessário um novo formato,” rematou.

Patrocínios
scroll up