Evans-SWE03

Evans vence e é líder

16 fevereiro 2020

Depois de ter garantido uma boa margem sobre os rivais nos dois primeiros dias de prova, Elfyn Evans nem sequer precisou de terminar o Power Stage nos cinco primeiros, única especial deste domingo do Rally da Suécia, para levar de vencida a segunda jornada do Campeonato do Mundo de Ralis.

Numa ronda totalmente fora do que é habitual, com a falta de neve a levar à redução do Rally a 11 especiais e fazer os pilotos rodarem em pisos de terra, mas com pneus de neve, Evans mostrou-se imperial, vencendo cinco dos nove troços que acabaram por se realizar. O domínio foi tal que o galês até se “deu ao luxo” de ser sexto no Power Stage, não somando pontos. Ainda assim, o resultado foi o bastante para assumir a liderança do WRC em igualdade pontual com Thierry Neuville.

Enquanto isso, o Campeão do Mundo Ott Tänak deu finalmente início à defesa do título. O estónio nunca se desviou do objetivo de somar o máximo de pontos possível e, tirando a escorregadela na classificação após SS4, foi sempre segundo. A isto, o homem da Hyundai juntou ainda o quarto posto no Wolf Power Stage para somar um total de 20 pontos e subir ao sexto lugar da geral.

No mais baixo do pódio, e para surpresa de todos, ou talvez não, ficou a jovem sensação Kalle Rovanperä. Envolvido em animado duelo com o colega de equipa na Toyota, Sébastien Ogier, desde o início do Rally, o jovem finlandês não se atemorizou. Depois de ontem se ter visto relegado para quarto por meros 0,5s, hoje respondeu com a vitória no Power Stage para bater Ogier e garantir o melhor resultado da carreira naquela que foi apenas a sua segunda prova ao mais alto nível com a Toyota.

Atrás de Ogier, em quinto, ficou Esapekka Lappi, o melhor representante da Ford, enquanto Neuville, que chegou líder à Suécia, teve de se contentar com o sexto lugar da geral. A isso o belga da Hyundai somou ainda os quatro pontos do segundo lugar no Wolf Power Stage.

Em termos de Campeonato do Mundo, a liderança é agora repartida entre Evans e Neuville com 42 pontos (o galês tem vantagem dado o melhor conjunto de resultados), seguidos de Ogier (37), Rovanpera (30), Lappi (24) e Tänak, em sexto, com 20 pontos.

Patrocínios
scroll up