EVANS-Monte-Carlo-840

Monte Carlo ao rubro

25 janeiro 2020

O WRC 2020 não podia ter começado com maior dose de emoção. No final do 3º dia de prova, e quando faltam apenas 4 troços para o final do rali, há três fortes candidatos à vitória numa guerra à décima de segundo. Elfyn Evans e Sébastien Ogier já repartiram o comando no final da 11ª especial de classificação, com os dois Toyota seguidos de muito perto pelo Hyundai de Thierry Neuville. No final da etapa de hoje, a diferença entre os três primeiros classificados é apenas de 6,4 segundos. Evans está na frente, com Ogier a 4,9 segundos e Neuville a apenas 1,5 segundos de Ogier.

Depois deste pódio de Monte Carlo que promete muito para o derradeiro dia de prova, Sébastien Loeb é o 4º classificado, mas já a 2m24,3, mantendo, no entanto, uma posição estratégica em termos de pontos para as equipas. Isto porque a seguir ao Hyundai de Loeb está o Ford de Esapekka Lappi apenas a 14,1 segundos do francês, seguido pelo Toyota do jovem Rovanpera, que ocupa o 6º lugar a 3m27,3 do líder, seguido pelo seu colega de equipa Katsuta a distantes 10m31,1.

Se a estratégia da Toyota resultou em pleno, com dois dos seus carros na frente, a Hyundai deposita agora todas as esperanças em Thierry Neuville, depois de ter perdido o contributo do campeão do mundo Ott Tanak, logo no 2º dia de prova. O líder Evans e Ogier em 2º lugar a 4,9 segundos, vão seguramente ter carta branca por parte da Toyota para discutirem a vitória, numa estratégia para tentar contrariar os esperados ataques de Neuville, que tem Loeb demasiado distante, para qualquer tipo de estratégias.

Entre os carros da categoria R5, este ano divididos entre WRC 2 (oficiais) e WRC 3 (privados), o domínio total tem pertencido aos Citroen C3 R5, marca que inscreveu oficialmente apenas o carro de Mads Ostberg, mas que tem em diversos privados excelentes prestações. Eric Camilli está na frente, ocupando o 8º lugar da geral e contando com uma vantagem de 58,5 segundos para o Citroen C3 oficial de Mads Ostberg. O 3º classificado entre os R5 é outro Citroen, o de Nicolas Ciamin, que ocupa também o 10º lugar da classificação geral.

Patrocínios
scroll up