ogier-mex-destaque

Sébastien Ogier lidera nas alturas do México

09 março 2019

O Rali do México, 3ª prova do WRC 2019, não é pródigo em número de inscritos, mas isso não retira a habitual emoção entre pilotos e construtores, na luta pelos respetivos títulos. Os primeiros sinais foram dados por Andreas Mikkelsen em Hyundai i20, que comandou até à 5ª especial, e depois por Sébastiem Ogier em Citroen C3, que aproveitou as duas paragens de Mikkelsen na segunda passagem pelo troço de El Chocolate. Logo de seguida, foi a vez de Dani Sordo parar na 7ª especial com problemas de alternador no Hyundai. Sem ter nada ainda controlado, Ogier termina o primeiro dia no comando da prova, esperando-se, no entanto, por respostas prontas dos Toyota de Meeke e Tanak, uma vez que Latvala parou com problemas elétricos no Yaris.

Feitas as contas ao primeiro dia, após disputados 9 dos 21 troços do Rali do México, Ogier lidera, agora com o Ford de Elfyn Evans no 2º lugar da geral a 14,8 segundos, enquanto Kris Meeke está no último lugar do pódio a 21,1 segundos do líder e apenas a 6,3 segundos de Evans. Tanak, que já venceu dois troços ocupa o 4º lugar a 37,1 segundos, seguido de muito perto pelo Citroen de Lappi a apenas 2 segundos de diferença. Quanto a Thierry Neuville já está algo longe, depois de ter perdido demasiado tempo com um furo em El Chocolate, ocupando o 6º lugar a 1m00,7 de Ogier.

Entre os WRC2 a luta está renhida, com o boliviano Marco Bulacia em Skoda a comandar, com apenas 9,8 segundos de vantagem para o outro Skoda Fabia R5 do mexicano Benito Guerra. Para o 2º dia de prova vai ser medida a resistência de Ogier, perante os esperados ataques do Ford Fiesta de Evans e dos Toyota Yaris de Meeke e Tanak. Mikkelsen, Sordo, Suninen e Latvala, já estão fora das contas pela vitória.

Patrocínios
scroll up