SS6 – Mais um líder diferente em prova electrizante

19 maio 2017

O Vodafone Rally de Portugal de 2017 está a ser de loucos. Os líderes mudam quase à frequência dos troços que se realizam. Agora foi Ott Tanak que ascendeu ao comando. O piloto da M-Sport está na frente com 0,1 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, Jari-Matti Latvala (Toyota). 

Em terceiro está Hayden Paddon. Depois da vitória em Viana do Castelo 2, o piloto da Hyundai está a recuperar na classificação. Tem 3,7 segundos de desvantagem para Tanak. Craig Breen assume que optar por dois pneus duros não foi o melhor mas consegue estar em quarto apesar de ter sido apenas oitavo em Caminha 2. 

O vencedor do troço foi Thierry Neuville. O belga bateu Elfyn Evans por 0,4 segundos mas não consegue melhor do que o oitavo lugar atrás de Kris Meeke, que é quinto, de Dani Sordo, que está em sexto, e de Sébastien Ogier, que é sétimo. 

A prova mantém-se muito competitiva. Os dois primeiros têm uma décima a separá-los e os oito primeiros têm 8,9 segundos a distanciá-los. 

Na Toyota, Juho Hanninen ficou sem asa traseira no Yaris, enquanto Esapekka Lappi não conseguiu tapar o buraco no intercooler do seu carro e fez toda a ‘especial’ sem potência. Stéphane Lefebvre, em Citroën, chegou ao fim com um furo no C3 WRC. 

Entre os melhores do WRC2, Andreas Mikkelsen continua na frente. Voltou a vencer um troço e já tem 44,1 segundos de vantagem para Teemu Suninen, que é segundo. Pontus Tidemand é terceiro a quase um minuto do líder. 

Patrocínios
scroll up