Neuville líder por três décimos

14 setembro 2018

Thierry Nuvellie, que renovou por mais três épocas com a Hyundai Motorsport esta semana, entrou no Rally da Turquia com um ritmo que não deixou marcas para dúvidas ao garantir o quarto posto logo na primeira classificativa. E, apesar de ter caído para sexto no início desta sexta-feira, o belga voltou a apresentar ritmo forte para vencer o troço seguinte e recuperar o tempo perdido.

Não satisfeito, e com Sébastien Ogier também a ganhar terreno aos comandos do Ford, o líder do Campeonato do Mundo de Ralis manteve a cabeça fria para subir a terceiro a três troços do final da etapa, continuando depois a escalada ao ganhar uma posição por troço para terminar o dia no topo da classificação.

Já Ogier fez percurso idêntico, se bem que com mais altos e baixos. Aliás, o francês chegou mesmo a rodar à frente do belga, mas acabou por cair para trás de Neuville para chegar ao parque de assistência com meros 0,3 segundos de atraso.

Enquanto isso, Andreas Mikkelsen foi quem perdeu com o forte ritmo dos dois primeiros classificados do Campeonato do Mundo. Mas a verdade é que o norueguês da Hyundai também não está a andar nada mal. Líder após a primeira especial do rali, Mikkelsen chegou a rodar em segundo após os dois primeiros troços de hoje antes de recuperar a liderança. Contudo, na última classificativa, problemas de pneus ditaram significativa perda de tempo e a descida ao mais baixo do pódio, a 2,6s da frente. Ainda assim, uma margem bem curta e que deixa antever uma prova absolutamente emocionante até final.

Mais longe, a 16,3s está Jari-Matti Latvala (Toyota), com Ott Tänak (Toyota) a fechar a lista dos cinco primeiros a mais 15,6s. Hayden Paddon (Hyundai), Esapekka Lappi (Toyota), Craig Breen (Citroën), Teemu Suninen (Ford) e Henning Solbreg (Skoda) completam o Top 10.

Patrocínios
scroll up