Ogier em modo de recuperação na Sardenha

08 junho 2018

O dia até nem começou de feição ao Campeão do Mundo Sébastien Ogier. Depois de ter iniciado o Rally da Sardenha a liderar a Super Especial de quinta-feira, o gaulês da M-Sport não começou o segundo dia de competição e caiu para sexto da geral. Não satisfeito, Ogier passou ao ataque e com um segundo lugar numa especial e vitória na seguinte acabou por recuperar a liderança da prova, posição que acabou por reforçar depois com mais três segundos lugares. Contudo, a margem é escassa.

O atual líder do Campeonato e vencedor do Vodafone Rally de Portugal, Thierry Neuville, segue no intermédio do pódio a 18,9s de distância. O belga da Hyundai está a levar a cabo uma prova bem calculada, não correndo riscos e gerindo a pensar no Campeonato. Ainda assim, e mesmo depois de ter fechado o dia com um oitavo tempo, Neuville também já assinou dois triunfos em classificativas, o que lhe permite não só manter contacto com a liderança do rali, como alguma margem para o terceiro classificado.

Jari-Matti Latvala, que está a ter um rali de altos em baixos, terminou o dia em terceiro, a 18,3s do homem da Hyundai. O finlandês da Toyota, que não esteve nos seus dias em Portugal, terminou a etapa de hoje na Sardenha com a vitória na última das oito classificativas propostas, o que lhe permitiu o salto do quinto para o terceiro lugar.

Quem também subiu ao final do dia foram o colega de equipa de Latvala, Esapekka Lappi, e o piloto da Citroën, Mads Østberg, que fecha o Top 5. O mesmo se pode dizer em relação a Hayden Paddon (Hyundai), Craig Breen (Citroën), Stéphane Lefebvre (Citroën), Jan Kopcky (Skoda) e Nicolas Ciamin (Hyundai), os restantes homens da lista dos dez primeiros.

Menos sorte teve Ott Tänak (Toyota) que, depois do desaire no Rally de Portugal, se volta a ver forçado a arrancar para o terceiro dia de competição em Rally 2.

Patrocínios
scroll up