Sordo lidera no México com Loeb em segundo

10 março 2018

Sébastien Loeb, que está de regresso ao WRC pela primeira vez em mais de três anos e que leva a cabo a primeira prova em terra desde maio de 2013, parece ter feito o tempo andar para trás ao vencer duas especiais do Rally Guanajuato México enquanto tentava anular a vantagem de Dani Sordo na tarde de sexta-feira.

O gaulês de 44 anos chegou a rodar a 18 segundos do espanhol antes de vencer dois troços seguidos para colocar o Citroën C3 na segunda posição a 7,2 segundos da frente. O regresso conto de fadas podia ter sido ainda mais sensacional, não fosse um erro inicial.

“Não vi o cruzamento porque estava a olhar mais para a frente e travei tarde demais,” disse.

Ambos os pilotos tiraram bom partido da posição de partida mais atrasada nas difíceis especiais de montanha à volta de León. Os que foram primeiro para a estrada traçaram uma linha na gravilha, deixando um piso mais limpo e rápido para os restantes.

Sordo assumiu a liderança cedo e venceu duas especiais com o Hyundai i20, mas não conseguiu aumentar a vantagem de tarde depois de, surpreendentemente, ter escolhido pneus de composto macio misto em detrimento de borrachas mais duras.

“Creio que cometemos um pequeno erro com os pneus. Tivemos dificuldades o tempo todo,” reconheceu.

Ott Tanäk ultrapassou problemas de sobreaquecimento com o Toyota Yaris para manter o terceiro posto a 3,8 segundos de Loeb. O estónio terminou o dia com 14 segundos de vantagem sobre o C3 de Kris Meeke; o irlandês perdeu terreno com dois piões depois de ter chegado a liderar na manhã de sexta-feira.

Sébastien Ogier, que também sofreu um pião, limitou as perdas provocadas por ter sido o segundo a partir. O piloto do Ford Fiesta levou a melhor sobre Andreas Mikkelsen, que não conseguiu justificar a falta de ritmo.

Já para o líder do Campeonato do Mundo Thierry Neuville foi um dia para esquecer. Ele teve de lidar com as piores condições ao abrir a estrada e depois perdeu mais de 20 segundos com problemas de pressão de combustível no seu i20. A isto juntou-se ainda complicações na direção assistida. Tudo junto, o belga terminou o dia em sétimo a mais de dois minutos da frente.

Quem já está fora de prova depois de uma saída de estrada quando rodava em terceiro é Elfyn Evans. O navegador Dan Barritt sofreu uma contusão no acidente que impede a dupla de continuar em prova. Quem também não chegou ao final do dia foram o companheiro de equipa de Evans, Teemu Suninen (acidente), Jari-Matti Latvala (problemas de alternador) e Esapekka Lappi (acidente).

Patrocínios
scroll up