Acabou-se a espera!

24 janeiro 2018

Monte Carlo vai ser um palco ilustre para abrir a temporada de 2018 do WRC. Como é tradição, este ano esperam-se pisos repletos de neve e com muito gelo nalgumas situações. Emoções aumentadas em relação à época passada, para um primeiro medir de forças entre quatro equipas que querem conquistar os títulos em disputa. A escola francesa de ralis tem dominado os acontecimentos nos últimos anos com dois Sébastien. Primeiro foi Loeb durante 9 anos, agora é Ogier, já há cinco anos consecutivos. Será que em 2018 irão reaparecer nomes nórdicos, britânicos ou belgas?

Já se sabe que o nome da Ford vai estar associado de uma forma mais forte à M-Sport para o WRC 2018. Um conforto para o campeão do mundo Sébastien Ogier e seguramente para Malcom Wilson. E se a M-Sport viu Ott Tanak sair para a Toyota Gazoo Racing, também conseguiu que Teemu Suninen faça 8 ralis do WRC 2018 (com o Vodafone Rally de Portugal incluído) num Fiesta WRC. Em Monte Carlo, para além do “penta” Ogier, há que contar com Elfyn Evans e um terceiro carro para Bryan Bouffier.

A Toyota vai logicamente contar com a mais recente versão do Yaris WRC, que apresenta um novo conjunto aerodinâmico e melhorias no sistema de arrefecimento. A Toyota Gazoo Racing confirmou para 2018 o contributo de Ott Tanak, já a partir do Rali de Monte Carlo. A equipa irá alinhar na sua segunda época com três Yaris WRC em todos os ralis do campeonato, contando ainda com a participação de Jari-Matti Latvala e Esapekka Lappi.

A Citroen Racing continua a apostar em Kris Meeke como “ponta de lança” do Citroen Total Abu Dhabi Worlkd Rally Team. O segundo C3 WRC será entregue a Craig Breen em 10 ralis de 2018 e Khalid Al Qassimi vai contar com um terceiro carro para algumas das provas do calendário. Mas a grande sensação será sem dúvida alguma o regresso de Sébastien Loeb ao WRC. O nove vezes campeão do mundo de ralis vai participar em três provas durante este ano: Rali do México, Volta à Córsega e Rali da Catalunha. Stéphane Lefebvre ficará com a tarefa de estrear o Citroen C3 R5 no WRC2.

A Hyundai Motorsport vai assinar em 2018 a sua 5ª temporada desde o seu regresso ao WRC. A equipa quer melhorar a sua prestação da época passada e candidata-se a ganhar tudo. Thierry Neuville e Andreas Mikkelsen vão estar presentes em todos os ralis de 2018, enquanto Hayden Paddon e Dani Sordo vão dividir a temporada, exceto no Vodafone Rally de Portugal, onde a Hyundai irá participar com quatro i20 WRC.

É já na próxima quarta-feira, dia 24 de janeiro que se vão ouvir os motores em Monte Carlo durante o Shakedown. Depois, 17 provas especiais de classificação divididas por quatro dias de competição entre quinta-feira e domingo, irão ditar os primeiros indicadores para um ano de 2018 que se espera ainda mais emotivo que a época passada.

Patrocínios
scroll up