FIA estuda limite de velocidade média no WRC a 130 km/h

Já todos esperavam que os novos regulamentos do Campeonato do Mundo de Ralis resultassem em mais emoções e carros mais rápidos, o que não se esperavam era velocidades médias como as registadas no Rali da Suécia em que vários pilotos foram cronometrados a médias superiores a 130 km/h.

Aliás, a FIA considerou mesmo a passagem Knon demasiado rápida, com Ott Tänak a registar uma média de 137,8 km/h, o que levou a Federação a sugerir o cancelamento da segunda passagem por essa mesma classificativa por a considerar demasiado perigosa em caso de acidente.

Agora, a entidade reguladora do desporto automóvel está a considerar limitar as médias a 130 km/h, o que, ao que tudo indica, deverá passar pelo desenho dos troços.

“Se nos deparamos com uma média de mais de 130 km/h é sinal que temos de olhar para a situação,” afirma Jarmo Majonen, Diretor de Ralis da FIA. “Do nosso ponto de vista isso é demasiado rápido. Talvez tenhamos de pensar em alterar as regras.”

Contudo, o responsável federativo compreende que limitações artificiais não são as melhores. “Queremos velocidades [médias] abaixo dos 130 km/h, mas recordo-me de quando era organizador e não queria usar fardos de palha para criar chicanes. Compreendo isso e a resposta é simples: usem estradas mais lentas. É isso que temos de fazer,” conclui.

16 de Fev de 2017

 

Bookmark and Share

 

 
Patrocínios/Parceiros